By Camille Correia

FESTEJANDO NOILDE RAMALHO

98151G-36160g36160gdscn9296
Ana Lidia Correia e esta Colunista Ex alunas ED

Margarida Cabral e Alexandre Marinho

Márcia Carrilho, inesquecível entree as alunas, sempre presente nos eventos . Cidadã do mundo. Ex Aluna ED

Imagem foi capa da revista 2013 do TCERN editada por Graciema em homenagem aos 100 anos da ED

Márcia Guimarães Marinho – Presidente da Associação das ex alunas da Escola Doméstica Natal Camille Correia , editora do Blog . Graduanda no curso de Administração, ex aluna da ED Neto,Bedel dos corredores do Henrique Castriciano hoje ainda na organização da UNI RN Busto de Dona Noilde Ramalho nos Jardins da UNI RN O charme da grade do muro externo da Escola Doméstica de Natal pela Hermes da Fonsêca Raphael Correia recebendo o diploma das mãos de Alexandre Marinho, com grande orgulho, exercendo a profissão e fixando residência em Brasilia. Recém casado. Fruto da Educação Henrique Castriciano e FARN/RN (Hoje UNI) Elas .. as mestras, educadoras. Grandes damas da sociedade potiguar . Noilde Ramalho e a fiel escudeira, Margarida Morgantini Professora Ivani Paiva Recebendo o título de Ex Aluna Honorária, esta colunista , Hilneth Correia Graciema Carneiro, ex aluna e jornalista, comunicadora da UNI Vista aérea do Complexo Educacional Noilde Ramalho Yasmin Correia Ziemann , ladeada pelo time forte que compôe uma equipe que formou uma geração , em sua formatura do pré.
Mestra! Parabéns pelos seus 96 anos DE VIDA , viva na memória de centenas de pessoas a quem direta e indiretamente a senhora influenciou e influencia até hoje com sua dinâmica de vida e de ensino.

Grata pela minha educação, grata pela mulher que me tornei ,pelo que sou ,pelo carinho que me recebeu em seu estabelecimento ,a mim ,a minha filha ,a meus primos ,a minha família .Todo o amor ,respeito e gratidão de todos nos que fazemos o clã Correia e que fomos beneficiados com sua sabedoria ,sua humanidade e generosidade.

Grata por estar neste momento, escrevendo nestas linhas através da quem me proporcionou minha entrada em seu maravilhoso mundo do saber , minha tia, minha editora chefe aqui no blog : Hilneth Correia , que com muito orgulho, recebeu com honrarias , o título de ex aluna honorária e hoje é uma das mais participativas e ativas na instituição sempre ao lado da Presidente Da Associação das ex-alunas Márcia Marinho divulgando e multiplicando o trabalho deste complexo que foi criado com tanto amor pelo Professor Henrique Castriciano.

Grata por me receber tão bem no tapetinho da frente de seu imponente bureaux enquanto a senhora trabalhava (com um olho no peixe e o outro no gato) quando eu pedia na hora do recreio : “Dona Noilde, podemos jogar baralho no tapetinho?” e ela carinhosamente mas sempre mantendo o porte sisudo “pra não dar o cabimento respondia “Lógico queridas” e sentávamos em grupo de 4 a sua frente , de pernas abertas até que se ouvia uma voz de trovão que dizia “fechem as pernas! Moças não se sentam arreganhadas, assim se sentam rapazes” (RISOS ETERNOS) Até hoje ao me sentar “arreganhada me lembro do eco de Dona Noilde nos meus ouvidos estrondando.

A curidosidade de subir pra conhecer o internato,com seus móveis tão rebuscados elaborados, todas as suas normas, a vontade de chegar o dia da semana da cozinha, levar os engredientes e preparar um frango ou um arroz para levar para o almoço em casa, a vontade de chegar na época da puericultura e cuidar de bebês da comunidde carente,treinando para ser boas mães, preparar jantares para autoridades que chegavam de fora , muitos presidentes do Brasil e de fora) passaram pelos salões nobres da ED.

A ansiedade de chegar o período da casinha prática e ter a oportunidade de nos colocaros no lugar de nossos pais, sendo donas de casa por uns dias com todas as obrigaçoes de um lar, que quase sempre era um desastre (RISOS) sem contar com as lendas dos fantasmas dos banheiros do ginásio, a pioneira quadra de patinação quando em nenhum lugar existia ainda.

Grata por me ensinar que ao entrar uma autoridade num ambiente, as demais se levantarem para cumprimenta-la.

Obrigada por tantas lições, por gostar de ser mulherzinha, por ser feminina,por cuidar de minha casa, por gostar da natureza quando nos levava para fazer a longa viagem da ED até a fazendinha onde hoje é localizado o Henrique Castriciano e a UNI/RN .

A amar correr, aonde praticava atletismo, usando aquela pista linda e profissional de atletismo toda torneada de eucaliptos, jogar queimada, volley … Dona Noilde, a grande dama da sociedade natalense.

Uma mulher visionária! Em seu jeito duro de parecer ser , não era.

Abriu o exclusivo método de ensino de escola Suiça de educação para moças também para rapazes e criou o Henrique Castriciano. Daí para nascer a FARN (Faculdade para o desenvolvimento do RN) foi um pulo. Hoje UNI RN do qual tenho orgulho de ser graduanda.

Através da ED, fizemos amigos, que são grandes profissionais e estão lá até hoje, como Professor Alexandre Marinho e sua esposa Márcia Marinho, Teinha,que ficava insistentemente caçando os alunos gazeteiros,era o apoio de D.Noilde, Dona Lenita, a mestra dos bolos,Zoraide (Zozó), Ivani Paiva, A melhor professora de geografia que qualquer colégio do mundo possa ter contratado no mundo e hoje é responsável pela biblioteca da UNI RN , Neto, o bedel mais temido do Nordeste,já da época do HC ,que de temido não tinha nada.

Era querido mesmo, ele botava ordem na bagunça e até hoje pode ser encontrado nos corredores da UNI, Graciema , da comunicação, O Reitor da Universidade , Professor Dalladier da Cuha Lima, Presidente da Liga de ensino do RN , Prof Manoel de Brito e todos os funcionários e muitos professores queridos e impossiveis de ser nomeados aqui .

Dona Margarida Cabral,Outra grande dama, braço de ferro da mestra. Substituta, confidente, contrabalançava a sizudez da grande dama, era como o pai e a mãe, uma apertava, a outra afrouxava, mais ou menos como o pai e a mãe numa relação.

Ela sempre com um sorriso , com a meiguice de quem lidava com flores, e quem já nasceu com nome de uma .. MARGARIDA Cabral Morgantini, florista,ex aluna, amiga,secretária ,confidente, braço direito .. sem palavras.

O Porteiro que até hoje nos reconhece , e o mais interessante.. NINGUÈM envelheceu .O que faz jus a teoria e boatos que aquela caixa dágua contém algum produto químico relacionado a fonte da juventude. Eram muitas as lendas. Inclusive de que continha laquê, por isso que o cabelo da mestra era sempre tão bonito e bem armado!

O bambuzal, ah o bambuzal… se aquele bambuzal falasse , o melhor lugar do mundo pra se gaera aula. Não fosse Teinha que sempre sabia quem eram as peças raras e “elas” chegavam na sala de aula , já estava esperando de longe com as palavras no ritmo de uma metralhadora na ponta da língua disparada na ponta da língua que baixava a estima de qualquer cidadão! (risos infinitos) era para nunca mais repetir mesmo.

A Escola Doméstica só sobrevivia os fortes! E eu fui forte e Raphael Correia foi Forte , hoje grande advogado em Brasilia , e Ana lidia minha prima competente e jovem dentista oficial da Força Aérea Brasileira foi forte, e minha filha Yasmin tem sido muito forte, que lá criou o melhor círculo de amizades que perdura até hoje se formando na UFRN num curso de Engenharia e já estudando pra tentar medicina no Enen.

Hoje Complexo De Ensino Noilde Ramalho, mantido pela Liga de Ensino do RN

Aqui fica a homenagem do blog, através de minhas palavras,aos que citei e aos que não citei, as palavras querem sair ,mas as lágrimas não querem deixar os olhos enxergarem mais. Fica o depoimento, meio que misturada as linha de pensamento, mas poderia passar o dia falando sobre o assunto de pessoas importantes que fizeram parte desta história também (com fotos capturadas de suas redes sociais pessoais de pessoas citadas)

Depois da ED estudei em mais duas escolas, mas tenho a honra de dizer , minha base foi toda ED. Lá foram meus melhores momentos

Assina : Camille Correia

DEPOIMENTOS

GRACIEMA

A todas ex-alunas da Escola Doméstica!
Compartilho com vocês e também com os ex-alunos de todo o complexo de Ensino ED/HC/UNIRN esse sorriso de felicidade da nossa diretora Noilde Ramalho. A imagem foi capa da revista 2013 do TCERN que tive muito orgulho de editar em homenagem aos 100 anos da ED. Foi feita por Maurício na festa dos 95 anos da Escola. Vou postar o link da Revista para vocês terem acesso e, a partir da página 64, conferirem o caderno especial que traz alguns depoimentos, já que a impressa se esgotou faz tempo.
Nossa educadora faria 96 anos hoje. Era uma líder nata, vocacionada e visionária, conseguiu imprimir a marca da disciplina e respeito em cada aluno ou aluna que por lá passaram. Hoje, nos restam as boas e saudosas lembranças de quem plantou em cada coração um exemplo e o legado da boa Educação para seguirmos e perseguirmos, diariamente. Sou grata à minha mãe pela oportunidade de ter estudado na ED, e, a dona Noilde, pelas tantas lições que aprendi como aluna, ex-aluna e funcionária. Tenho certeza que terá muita festa hoje no céu, muita oração, vibração e alegria. Segue o link http://migre.me/uomh4

MÁRCIA GUIMARÃES MARINHO

“Hoje, são os anjos que entoam um canto que era nosso…Festejam no céu o dia do seu aniversário natalício…
Dia 19 de julho, quantas lembranças, quanta saudade…
Meu eterno parabéns, respeito carinho, D.Noilde Pessoa Ramalho!!!”

NADEJE DANTAS

Hoje… 19 de Julho – Celebramos na ED o dia da SAUDADE. Momento oportuno para lembrarmos de nossa inesquecível e eterna DIRETORA NOILDE RAMALHO,que hoje faria 96 anos. Tenho certeza de que o HINO DA DESPEDIDA DA ESCOLA DOMÉSTICA DE NATAL foi tocado lá no Céu,cujos versos “Que a SAUDADE é como um fio/De veludo ou de retroz/Não nos separa como um rio/Nós ligará mais e mais…”já se tornaram infinitos e se perpetuarão para sempre… Portanto,neste dia especial de belas lembranças,vamos assistir HOJE à MISSA DE ANIVERSÁRIO DE DONA NOILDE que será celebrada às 17:30m na Igreja Santa Teresinha. A SAUDADE É O AMOR QUE FICA.

Ainda viva, gravavamos o programa Hilneth é Show! Mas D.Noilde passou o bastão da entrevista para D.Margarida por dizer não ser mulher de ser desenrolada na frente das câmeras. E registramos até onde sabemos, sua única entrevista sobre a ED em programa exclusivo. Também com o professor Manoel de Brito

Margarida Cabral Morgantini – (1’44”)

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top