Na Hora H

CARNAVAL NO MUNDO – PARTE 1

Veneza, Itália

Datas: Começa duas sextas-feiras antes da quarta-feira de cinza, na Terça-feira de Carnaval a Piazza San Marco é o foco do festival.

Veneza, na Itália celebra o Carnevale di Venezia, um espetáculo de máscaras, conhecido como a melhor festa a fantasia barroca do mundo.

Desde o século 15 os Venezianos celebram o Carnevale, naquela época os clubes privados organizavam bailes de máscaras e as pessoas usavam máscaras para cobrir suas identidades reais, para que todos pudessem participar nas celebrações de forma igual.

As festividades começam na tarde de sexta-feira com La Festa delle Marie, uma procissão pela cidade. A abertura oficial é no sábado, quando uma procissão sai mascarada pela Piazza San Marco desfilando pelas ruas. A sexta-feira seguinte é ponto alto do festival, o Gran Ballo delle Maschere que se realiza em locais diferentes a cada ano (geralmente num grande palácio). No último domingo uma procissão de barcos e gôndolas decoradas transportam passageiros mascarados pelo Grande Canal.

As ruas durante o Carnaval de Veneza estão cheios de pessoas com máscaras e trajes, um dos eventos mais importantes é o concurso para a melhor máscara, que acontece no último fim de semana do Carnaval. As máscaras podem ser encontradas em todas as lojas.

Nos dias de Carnaval, multidões se reúnem na Piazza San Marco, os mascarados caminham ao redor da cidade. Não há um desfile para este Carnaval. Você pode comprar suas máscaras preferidas em uma loja de souvenirs e pode juntar-se a festa.

Québec, Canadá

Datas: janeiro a meados de fevereiro (varia a cada ano).

O Carnaval de Inverno de Quebec, no Canadá é a maior celebração do inverno no mundo e o terceiro maior depois do Rio de Janeiro e Nova Orleans.
Quebec Winter Carnival é uma explosão de comida, diversão e entretenimento em pleno inverno.

As comemorações incluem um parque de diversões de inverno, esqui, esculturas de gelo e rafting na neve. Além disso, todos os anos, é construído um castelo de gelo de cinco andares. Moradores e turistas se agrupam nas ruas cobertas de neve da cidade para ver os desfiles de carros alegóricos, bandas e muitos palhaços.

As celebrações do Carnaval em Quebec eram reuniões privadas até 1894, quando o primeiro evento organizado ocorreu, e desde 1955 o Carnaval de inverno acontece ininterruptamente.

O concurso de escultura de gelo é uma das grandes atrações. Esculturas de gelo são criadas por artistas de mais de 20 países. Competições de snowboard, raquetes de neve, trenós puxados por cães, hóquei são realizadas na cidade. A corrida de canoa é uma tradição famosa desde o primeiro Carnaval, no rio de gelo com temperatura de-50C. Desfiles, música, bailes de máscaras, shows ao ar livre é a forma de Quebec esquentar e celebrar o seu Carnaval gelado.

Carnaval Binche, Bélgica

Datas: domingo, segunda e terça-feira de Carnaval.

O Carnaval das ruas medievais da cidade de Binche, na Bélgica está localizado a 60 km de Bruxelas perto da fronteira com a França. O festival anual de pré-quaresma é realizado desde o século 16. Considerado um dos mais tradicionais e antigos carnavais europeus e foi tombado pela UNESCO Obra-Prima do Patrimônio Oral e Imaterial da Humanidade.

Os desfiles do Carnaval de Binche começam ao longo de três dias antes da Quaresma. Neste desfile os participantes mais importantes são o Gilles, que saem em trajes tradicionais, com tamancos de madeira e máscaras de cera. Há 1.000 no total, todos do sexo masculino. O status de Gille é passado de pai para filho e somente por habitantes originais da cidade. Desde o amanhecer, na manhã do último dia do Carnaval, os Gilles aparecem no centro de Binche, para dançar ao som de tambores e afastar maus espíritos com paus. Mais tarde, durante o dia, eles marcham pela cidade com cestas de laranjas. Essas laranjas são jogadas para a multidão que se reunem para ver a procissão.

Oruro, Bolívia

Datas: 10 dias antes da Quarta-Feira de Cinzas.

Aproximadamente 140 km ao sudeste de capital La Paz, Oruro na Bolívia é uma cidade de montanha andina que hospeda uma celebração anual do Carnaval reconhecido pela UNESCO como Obra-Prima do Patrimônio Oral e Imaterial da Humanidade, a maior celebração da Bolívia é um grande evento anual que atrai cerca de 600.000 pessoas.

Sua peça central é La Diablada, um desfile com dançarinos em trajes extravagantes e demoníacos. O desfile é realizado no sábado antes da Quarta-Feira de Cinzas, a multidão se alinha nas ruas para ver centenas de bandas tradicionais bolivianas, milhares de dançarinos tradicionais e uma procissão que leva um dia inteiro para terminar. Com 20.000 dançarinos e músicos, chega a durar até 20 horas.

O desfile é liderado por San Miguel, que é seguido por demônios, Tio El – o senhor do submundo e muitos conquistadores pintados como demônios. Quando o arcanjo e os diabos chegam ao estádio de futebol da cidade, eles se envolvem em uma série de danças que contam a história da batalha final entre o bem e o mal.

Embora seja hoje uma celebração cristã, as origens La Diablada são pré-colombianas. O Carnaval termina na segunda-feira após a quarta feira de cinzas com o Dia del Agua , uma luta com bombas de água, onde os visitantes são o alvo principal.

Tenerife, Ilhas Canárias, Espanha

Datas: O evento dura três semanas, destaque para festa que dura 24 horas na terça-feira de Carnaval.

Tenerife, nas Ilhas Canárias, é uma pequena ilha espanhola na costa da África, é o lar de uma das festas mais importantes, o Carnaval de Santa Cruz de Tenerife. Este famoso Carnaval da Espanha é considerado como um dos eventos mais espetaculares de seu tipo no mundo, atraindo milhões de pessoas todos os anos.

A festa nas ruas de Santa Cruz de Tenerife começa na sexta-feira antes do Carnaval com um desfile de abertura espetacular, que atinge o seu auge durante a noite. As celebrações são agrupadas em duas seções: o Carnaval Oficial e do Carnaval de Rua, onde milhares de pessoas participam com fantasias. O oficial tem mais de uma centena de grupos com mais de 50 componentes cada uma. Já no Carnaval na rua é composto por milhares de pessoas que participam usando fantasias.

O evento dura três semanas, culminando com a festa de 24 horas na terça-feira de Carnaval. Por sete noites as ruas da capital da ilha Santa Cruz são inundadas com trajes brilhantemente coloridos e animados. O evento termina com o “Enterro da Sardinha”, o cortejo fúnebre de mulheres vestidas de viúvas que choram pela sardinha gigante de papel machê que é queimada e enterrada. O desfile de encerramento do Carnaval é o “Gran Cosa Apoteosis”, quando cascas de ovos e bolas de pano são atiradas das janelas e varandas.

Trinidad e Tobago

Datas: Alguns dias antes da quarta feira de cinzas.

Port of Spain, em Trinidad e Tobago é a capital deste conjunto de ilhas ao largo da costa da Venezuela que realiza a maior festa pré-quaresma do Caribe. Alguns participantes usam trajes que satirizam antigas autoridades coloniais britânicas

O festival anual de Carnaval agora acontece em todo o Caribe, mas começou originalmente em Trinidad & Tobago. Todos os anos, pouco antes de quarta feira de cinzas, as ruas ficam repletas de turistas e moradores que se misturam para assistir os desfiles e comemorar o Carnaval. Todas as pessoas usam trajes coloridos cobertos de lantejoulas e penas e passam os dias dançando e festejando nas ruas.

Os foliões desfilam nas ruas com trajes que levara m meses para ser elaborados. Bandas competem pelo título da Banda do Ano, e as pessoas competem para se tornar Calypso Monarch, uma das maiores honras do país.

Moscou, Rússia

Datas: última semana antes da à Quaresma Ortodoxa (sétima semana antes da Páscoa)

Maslenitsa na Rússia é uma festa pagã que celebra o fim do inverno e o início da primavera, dando início a contagem de sete semanas até a Páscoa da Igreja Ortodoxa. A palavra Maslenitsa vem do russo para a manteiga, que é um ingrediente-chave na elaboração das Bliny (panquecas).

Maslenitsa é celebrada em toda a Rússia, mas foi realmente revivido nos últimos anos em Moscou. Artistas fazem performances próximas à Catedral de São Basílio, em São Petersburgo.

A festa incorpora algumas tradições que remontam a tempos pagãos. Maslenitsa tem uma ascendência dupla: pagã e cristã. O elemento essencial da celebração são bliny, as panquecas russas que simbolizam a memória dos ancestrais. Redondas e douradas são feitas de alimentos que ainda são permitidas durante a semana santa pelas tradições Ortodoxa: manteiga, ovos e leite (na tradição da Igreja Ortodoxa, o consumo de carne é proibido uma semana antes do consumo de leite e ovos).

Maslenitsa também inclui máscaras, lutas de neve e trenós. A mascote da festa é um boneco de palha vestido de Lady Maslenitsa, anteriormente conhecido como Kostroma. Como o auge da celebração, na noite de domingo, Lady Maslenitsa é queimada em uma fogueira e também é o Dia Perdão, em que as pessoas pedem perdão à família e amigos por erros cometidos no ano passado.

A tradição da Maslenitsa mantém um desfile de mascarados junto com um espantalho de palha, um símbolo do inverno que se vai. O boneco costuma levar nas mãos uma panela para assar panquecas, numa referência aos blinys.

Viareggio, Itália

Datas: quatro domingos que antecedem a Quaresma

Viareggio é uma cidade costeira fica cerca de 400 km a noroeste de Roma. O Carnaval de Viareggio é o mais famoso da Toscana e um dos mais importantes na Itália depois da tradicional cidade de Veneza. Conhecido como uma das melhores festas de Carnaval da Europa, ofestival se estende por quatro domingos consecutivos, cada um em torno de um desfile de extraordinários carros alegóricos, fogos de artifício, bailes de máscaras, shows e menus especiais de Carnaval nos restaurantes da cidade.

O Carnaval de Viareggio é caracterizado por carros alegóricos que possuem enormes esculturas de papel-machê, que retratam caricaturas de homens famosos da política, cultura e entretenimento, cujos traços característicos são enfatizados com sátira e ironia. Os carros desfilam ao longo da avenida principal de Viareggio.
Tudo começou em 1873 com um grupo de burgueses que resolveu se fantasiar para protestar contra as taxas e impostos: daí surgiu à ideia de um desfile de carroças, que evoluiu até os carros dos dias de hoje.

Colônia, Alemanha

Datas: durante dois a três meses antes da Quaresma

A “quinta estação do ano”, como é chamado o Carnaval na Alemanha, começa em 11/11 às 11h11min. Tem a duração de dois a três meses, mas o clímax da folia começa dias antes do início da Quaresma. O festival de rua, também chamados de “os dias loucos”, acontece entre quinta-feira e termina na quarta feira de cinzas.

O Weiberfastnacht é conhecido como o famoso Carnaval das Mulheres, que marca o início das festas de Rua em Colônia, na Alemanha. O destaque do Carnaval segunda-feira das Rosas. Palhaços e pessoas mascaradas são os personagens principais do desfile que atrai mais de um milhão de espectadores. As pessoas na da rua gritam “Kölle Alaaf” (“Colônia acima de tudo”) para cumprimentar uns aos outros, e pegam os doces e flores jogados dos carros alegóricos durante o desfile.

Nova Orleans, Louisiana, Estados Unidos

Datas: começa no dia da Epifania (6 de janeiro) e termina na terça-feira de Carnaval.

O Mardi Gras, em Louisiana no estado de Nova Orleans é um dos carnavais mais famosos dos Estados Unidos. Os desfiles são o destaque do Carnaval. A cidade prosperou com a produção de algodão e cana-de-açúcar no século 19, por isso, muitos fazendeiros ricos andavam em carros alegóricos no Carnaval jogando dinheiro e joias para os pobres da cidade. Hoje, centenas de pessoas desfilam em dezenas de carros alegóricos e a tripulação joga joias de brinquedo para os espectadores. Há um rei e uma rainha em cada carro com cerca de 50 pessoas. À medida que os dias de Carnaval estão passando, as pessoas vão acumulando as joias de brinquedo.

A celebração começa após a Noite de Reis, no dia da Epifania (6 de janeiro). Um baile de máscara é realizado todos os anos para marcar a ocasião. O ponto alto da festa são as duas semanas que antecedem a terça-feira gorda (Mardi Gras, em francês), um dia antes da Quarta-Feira de Cinzas. Há pelo menos um desfile por noite, começando duas sextas-feiras antes do Carnaval.

A celebração de duas semanas, conta com desfiles, bailes mascarados e comida crioula. A cada ano mais de quatro milhões de pessoas visitam Nova Orleans durante o Carnaval. Hoje, é uma das maiores festas do mundo, com foliões que celebram a primavera e o início da temporada de Quaresma.

 

Fonte: Tudo para Viajar 

To Top