Na Hora H

MORRE O ICÔNICO ESTILISTA GIVENCHY

O estilista francês Hubert de Givenchy, uma verdadeira lenda do mundo da moda, morreu, aos 91 anos, no último sábado (10), segundo anunciou seu companheiro de longa data, o também estilista Philippe Venet. “O senhor De Givenchy faleceu enquanto dormia no sábado, 10 de março de 2018”, informou Venet em um comunicado à AFP. Seu funeral será realizado “na intimidade da família”, comunicou ainda.

O francês se tornou um dos grandes nomes da moda mundial ao dar forma à elegância feminina nos anos 1950 e 1960. Vestiu de Jackie Kennedy a Audreu Hepburn, com quem formou uma longa parceria vestindo suas personagens mais icônicas no cinema. Entre os mais famosos está o famoso vestido tubinho preto que ela usou em “Bonequinha de luxo” (1961). Também bastante lembrado é o de corpete bordado usado por Jackie Kennedy na visita oficial do casal presidencial americano à França em 1961, ou o de luto usado em 1972 pela duquesa de Windsor – um vestido e casaco crepe de lã com cinto de couro.

Desde seu primeiro desfile, em 1952, até sua aposentadoria, em 1995, a maison que levava seu nome, vendida em 1988 para o grupo LVMH, Hubert de Givenchy marcou o mundo da moda pela elegância de suas criações. Apontado pelo jornal francês “Le Figaro” como um dos “últimos grandes nomes dos anos de ouro da alta-costura”,  o estilista foi homenageado pela maison Givenchy como uma personalidade inesquecível do mundo da moda, símbolo da elegância parisiense durante mais de meio século.

To Top