Entrelinhas

SESAP DISCUTE SOBRE USO DO NOME SOCIAL

A fim de discutir os preconceitos e desafios a serem vencidos pelos travestis e transexuais para uso do nome social, aconteceu nesta quinta-feira (24), na Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), a 1ª edição de 2018 do projeto Diálogos Interativos.

A ação foi desenvolvida pela Subcoordenadoria de Informação, Educação e Comunicação (Siec), através do Comitê Técnico de Promoção da Equidade em Saúde. De acordo com Marylia Bezerra, subcoordenadora da Siec, o objetivo é dialogar e refletir sobre a problemática do atendimento acolhedor e com respeito aos travestis e transexuais nos serviços de saúde.

Participaram do encontro representantes da ONG Atransparência RN/Rede Trans, ONG Atrevida, Secretaria Municipal de Saúde de Natal, Cosems, além das secretarias de promoção à saúde, planejamento e subcoordenadoria de ações de saúde. O Teatro de Arte Circular Interativa fez a abertura do evento.

Jacqueline Brazil, presidente da ONG Atrevida, foi atuante na defesa pela causa do uso do nome social e conseguiu a aprovação do Decreto estadual nº 22.331/2011 que tornou lei o direito de travestis e transexuais serem identificados pelo nome social em atos e procedimentos realizados no âmbito do poder Executivo Estadual. “Não queremos privilégios, queremos respeito e dignidade com cidadania plena”, disse Jacqueline.

To Top