Nossa Coluna

UM ADEUS A EDYR

Mais uma notícia que não esperava receber!!! Aos 72 anos, Edyr de Castro, integrante do grupo As Frenéticas, morreu nesta terça-feira (15). A informação foi confirmada pelo Retiro dos Artistas, onde ela vivia desde 2011,  e publicada no G1.

Acontece que Edyr para nós era uma boa amiga, muito mais que uma atriz ou cantora. Ela era mãe de JOY, irmã de Raphael (meu filho). Edyr foi casada com Zé Rodrix e durante alguns anos fez ponte do bem entre nós.  Edyr veio com as Frenéticas para a festa dos meus 40 anos de colunismo, em 2008, na Via Costeira.

Através de Joy, sua filha, sempre acompanhava suas notícias e sua luta ao mal de Alzheimer há cerca de oito anos. Ela estava internada no Hospital Municipal Lourenço Jorge, no Rio de Janeiro, com pneumonia e teve falência múltipla dos órgãos.

Seu velório vai acontecer no Memorial do Carmo, no Caju, região portuária do Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (16), às 10h.

DESCANSA EM PAZ e vai fazer festa no Céu.

Edyr na época em que integrava o grupo As Frenéticas

A bela Edyr nos anos 1970 (reprodução das redes sociais.)

 

To Top