Na Hora H

ORQUESTRA SINFÔNICA DO RN SE APRESENTA NO TAM NESTA QUARTA (26)

O concerto oficial de outubro do projeto Movimento Sinfônico 2022, com a Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte – OSRN acontece no Teatro Alberto Maranhão – TAM, às 19h30, na próxima quarta-feira (26). Na regência, o maestro Márcio da Silva (ING/BRA), fundador e diretor artístico da Hastings Philarmonic Orchestra e da companhia especializada em ópera barroca Ensemble Orchestra; e o solista Boyan Ivanov (ING/BULG). O encontro acontece sob direção artística de Linus Lerner e tem entrada gratuita mediante reserva prévia pelo Sympla.

O maestro convidado para o concerto de outubro, já dirigiu e regeu dezenas de produções operísticas, e, recentemente, sua produção de Alcina, de Handel, foi considerada a quarta, na lista de “Melhores da Música Clássica, em 2021”, pelo jornal “The Observer”. Natural de Belo Horizonte, Márcio iniciou seus estudos musicais aos nove anos de idade, tendo se apresentado, ainda durante a infância, como solista na Alemanha, Itália e Brasil.

Para a programação da noite, a obra Meditation, do compositor Julian Clifford (1887-1921) e que foi gravado pela Hastings. Em seguida, o Concerto para Clarinete Nº 2, em Mi Bemol, Opus 74, de Carl Maria Von Weber (1786-1826). “Essa é uma das obras mais conhecidas e reconhecidas do repertório solo de clarinete e orquestra; e, na próxima quarta-feira, o Rio Grande do Norte recebe um dos solistas mais promissores de sua geração, o clarinetista Boyan Ivanov”, comenta Linus Lerner. Boyan tem larga experiência como solista, músico de câmara e de orquestra. Já tocou no Barbican Centre, Royal Festival Hall, Queen Elizabeth Hall e no Cadogan Hall.

No encerramento, a Sinfonia Nº 1, Opus 68 em Dó Menor, de Johannes Brahms (1833-1897), em comemoração aos 125 anos de sua morte. “Essa é uma sinfonia muito importante, porque todos os compositores, depois de Ludwig van Beethoven, tiveram receio em compor sinfonias, e demorou muitos anos para o Brahms compor a sua primeira. E, no mundo da música de concerto, se diz muitas vezes, que a Sinfonia Nº 1 de Brahms é a continuação das sinfonias de Beethoven”, esclarece Linus.

A Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte realiza a temporada 2022, através do projeto Movimento Sinfônico, mediante iniciativa do Instituto Neoenergia, com patrocínio da Neoenergia Cosern, Fundação José Augusto e Governo do Estado do Rio Grande do Norte através da Lei Câmara Cascudo; conta também com o patrocínio da Unimed Natal. O projeto Movimento Sinfônico é uma produção da MAPA Realizações Culturais e conta com o apoio dos restaurantes: La Cachette e Tábua de Carne; da G7 Comunicação e da Lado A Design.

Ingressos Gratuitos

Os ingressos remanescentes serão distribuídos na bilheteria do TAM, por ordem de chegada do público que apostar na ausência daqueles que não utilizarem seus vouchers, das 19h10 às 19h30, na bilheteria do Teatro Alberto Maranhão.

Foto: Brunno Martins

To Top