Nossa Coluna

MEU ESTALEIRO

Na última sexta-feira, na festa do Iate Clube, tive a falta de sorte de “pisar em falso” e ter levado um tombo. Resultado foi uma leve fratura no punho esquerdo. Imediatamente após a queda, fui bem assistida por médicos que não conhecia e pela minha amiga cardiologista Maria José Pacheco, minha companheira na festa. O pessoal do serviço de pronto atendimento no Iate foi super gentil.

Fui levada por Zezé para o Hospital São Lucas e lá fui atendida gentilmente pelo ortopedista de plantão, o amigo, Edmar Dantas. Ele me fez ter uma noite de sono sem dores e, imobilizada, fiquei no estaleiro.

Hoje, terça-feira, fui atendida pelo especialista em mãos, o médico Hélio Polido, do Trauma Center. Show! Hélio é um sobrinho do coração, casado com a top médica Malu Dutra Capriglione, filha de Elzinha Dutra, uma amiga-irmã.

Continuo no estaleiro, não vou operar, mas só na próxima segunda-feira teremos uma nova avaliação e procedimento a seguir. Mas, me deixou mais livre e confiante para movimentar a mão imobilizada. Vida que segue, agradecida e agradecendo sempre a Deus por não ter sido grave.

To Top