Entrelinhas

HUMANIZAÇÃO DO PARTO

Em alusão ao Dia Internacional das Mulheres, no próximo dia 8 de março, o Movimento pela Humanização do Parto no Rio Grande do Norte irá protocolar um Projeto de Lei (PL) para a regulamentação do parto em Natal. As integrantes do Movimento se reunirão pela manhã em frente à Câmara Municipal da capital potiguar para apoiar a aprovação do documento.

O projeto propõe a regulamentação para o pré-natal, parto e primeiros cuidados com o bebê de forma que seja priorizada a segurança e bem- estar da mulher e do bebê. O PL foi elaborado pelas integrantes do movimento e contempla as demandas de mulheres insatisfeitas com as atuais práticas em clínicas e hospitais da cidade, que resulta em altos índices de nascimentos por via cirúrgica, casos de violência obstetrícia e desrespeito à vontade da mulher.

A vereadora Natália Bonavides (PT) assina a autoria do projeto e afirma que o Movimento é importante, pois combate a uma violência de gênero que as mulheres sofrem cotidianamente num momento tão importante de suas vidas, que é o parto.

 

To Top