Na Hora H

LEI DO LEGISLATIVO POTIGUAR É DESTAQUE EM SITE DE ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL

A lei nº 10.230, de autoria do deputado Hermano Morais (PMDB), que dispõe sobre a produção e a comercialização de queijos e manteiga artesanais do Rio Grande do Norte, ganhou destaque internacional essa semana no site da Rede Internacional Slow Food, organização global de base que atua em favor da preservação das tradições e das culturas alimentares locais. A lei “Nivardo Mello”, como é designada, foi sancionada pelo Executivo Estadual no início de agosto.

A publicação destaca a iniciativa da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte e diz que a legislação potiguar vai incentivar outros estados brasileiros a produzirem leis específicas de acordo com suas respectivas realidades. A matéria estampa ainda um mapa com a distribuição das queijeiras artesanais no país.

Pela definição da lei, considera-se queijo artesanal o queijo produzido com leite integral, fresco e cru, respeitados os métodos tradicionais, culturais e regionais. Já a manteiga da terra ou de garrafa aquela produzida com nata e sal, também respeitando os mesmos métodos. A lei “Nivardo Mello” contempla mais de 300 queijeiras do Estado, impulsionando o trabalho de pequenos produtores e, consequentemente, a economia do RN.

Confira a publicação no link: www.slowfood.com/rio-grande-do-norte-raw-milk

To Top