Na Hora H

POSTOS MÉDICOS ATENDEM A POPULAÇÃO NO CARNAVAL DE NATAL

Pela primeira vez, graças ao esforço da Funcarte, Secretaria Municipal de Saúde (SAMU Natal), Corpo de Bombeiros Militar e Empresa Resgate do Sol Emergência 24h, o Carnaval de Natal agora conta com postos médicos nos três polos mais movimentados da capital (Petrópolis, Redinha e Ponta Negra).

Foram várias reuniões e meses de negociações a fim de demonstrar a importância desse investimento para a Prefeitura de Natal. Cada Posto tem um médico, um enfermeiro e técnicos de enfermagem exclusivamente para atender os foliões.

Com essa iniciativa, evita-se realizar deslocamentos de pacientes para Upas e Postos De Saúde resolvendo as necessidades dos foliões diretamente nos locais da festa.

Nesta parceria cada órgão teve um papel fundamental. A Funcarte montou a estrutura e contratou ambulâncias e enfermeiros e técnicos, o Samu Natal/SMS (viabilizou a contratação de médicos, cedeu uma ambulância ao bombeiro e parte dos insumos), a empresa Resgate do Sol (contratada pela Funcarte, colaborou com a estrutura interna dos Postos e ofereceu ambulância e recursos humanos) e o Corpo de Bombeiros Militar (equipes de socorristas, ambulâncias e parte dos insumos para os Postos Médicos com o apoio da Unicat/SESAP).

Com essa junção de esforços o patamar do Carnaval de Natal foi elevado para um nível de excelência. Nestes dois primeiros dias de folia, já foram realizados cerca de trinta atendimentos de pessoas com queda de pressão, pequenos cortes, desmaios, abuso de bebidas alcoólicas, e etc.

Quase 100% dos casos foram resolvidos pelas equipes de saúde nos locais dos eventos, sem a necessidade de enviar pacientes para hospitais públicos, evitando sobrecarga de atendimento nestes locais e ambulâncias rodando a cidade com sirenes ligadas.

É, sem dúvida, um fato histórico que precisa ser mantido nas próximas edições, pois tem sido um suporte extraordinário para nossas equipes de plantão e um serviço fantástico para a nossa população. Parabéns a todos os envolvidos e viva a integração!

To Top