Na Hora H

ARTIGO – “FIERN, MAIS RN E A INFORMAÇÃO”

Idealizado e coordenado pela FIERN e contando com a participação de vários parceiros, o MAIS RN é um dos mais relevantes estudos já realizados sobre os caminhos do desenvolvimento socioeconômico do Rio Grande do Norte sendo, de fato, um roteiro indispensável para o planejamento potiguar.

Partindo de um criterioso diagnóstico, aponta cenários desejados e ameaças futuras, pontos críticos de atenção, atuais e potenciais, o documento vem sendo atualizado desde 2014 quando foi lançada sua primeira versão.

Como estratégia de desenvolvimento, pelo menos, quatro grandes prioridades são definidas: a melhoria contínua do ambiente de negócios; a promoção da competitividade sistêmica do Rio Grande do Norte; o incentivo ao empreendedorismo potiguar e uma promoção ativa de investimentos. A agenda do MAIS RN inclui a articulação em relação a qualidade das instituições, a eficiência do Estado, o ajuste fiscal, os investimentos em infraestrutura e em educação com o empreendedorismo potiguar.

Não há, portanto, nenhuma receita mágica. O Mais RN, neste cenário, se apresenta como roteiro que, aliás, pode ser criticado e melhorado, mas a partir dele temos um referencial para o debate. E, agora, chegou a vez da versão digital, de fácil navegação, com forte apelo a interatividade, o MAIS RN espera continuar recebendo a contribuição da sociedade civil organizada, sobretudo, dos empresários, gestores públicos e estudiosos de temas relacionados a economia, planejamento e gestão.

Na versão digital são oferecidas informações, ferramentas e serviços que auxiliam decisões e inspiram estudos e pesquisa, sobretudo, diante dos gravíssimos efeitos de uma crise que abate a economia mundial e, claro, lança seus efeitos sobre o Brasil e o Estado do Rio Grande do Norte.

Neste sentido, aliás, acrescentamos ao Portal MAIS RN, que já conta com todo acervo teórico formado ao longo dos anos (capítulos, mapas, notícias), o acompanhamento e tratamento de informações (Power BI), do COVID-19 em nosso Estado, ferramenta essa que irá auxiliar a população do Estado em geral.

Para além do BI, está sendo lançada a “Sala de Situação” cujos integrantes estarão na escuta permanente da sociedade e dos empresários em particular, mapeando demandas, oportunidades, sugestões e troca de informações relevantes nesse momento. A “Sala” também fará a síntese das mudanças no ordenamento jurídico, do estado e do país, reunindo num só lugar, as alterações da legislação. No médio prazo, a “Sala” realizará podcasts e lives com empresários, professores e técnicos das mais diversas áreas para que também sejam intercambiadas informações uteis em ponto de uso.

Não podemos desanimar. Precisamos continuar lutando. O MAIS RN é uma ferramenta de apoio e o potiguar é como um herói da resistência: tem fibra, tradição e força empreendedora.

To Top