Na Hora H

ATELIÊS DE COSTURA DE NATAL SE ADAPTAM E PASSAM A CONFECCIONAR MÁSCARAS DE TECIDO

Diante da falta de máscaras cirúrgicas no mercado e da necessidade do uso delas pelos profissionais da área de saúde, o Ministério da Saúde recomendou o uso de máscaras de tecido pela população. Nas ruas de Natal, as pessoas se protegem como podem para evitar a transmissão do novo coronavírus. Quem precisa sair de casa por algum motivo usa máscaras de pano mesmo, improvisadas ou costuradas.

A costureira Joana D’arc tem um ateliê e disse que a procura por corte e costura tradicional caiu drasticamente desde o início da pandemia do novo coronavírus. Agora, com as máscaras cirúrgicas em falta no mercado, ela resolveu costurar e vender máscaras de tecido. Do corte ao acabamento, cada máscara fica pronta em menos de cinco minutos. Ela reforçou que não visa o lucro e, inclusive, doa algumas máscaras para quem não tem como pagar.

O ateliê D’Valentina também passou a confeccionar as máscaras de tecido e focou, inicialmente, nas estampas infantis. As vendas são feitas pelas redes sociais e pelo WhatsApp, e, no primeiro dia, surpreenderam a empresária Alanna Fernandes.

Fonte: G1 RN

To Top