Nossa Coluna

MEU PESAR

Pelo falecimento da querida Zilda Lopes do Rêgo de trajetória brilhante. Nossa homenagem a essa grande MULHER POTIGUAR.

Faleceu na madrugada dessa quinta-feira (8), em Natal, aos 88 anos. Seu corpo foi cremado no Morada da Paz (Emaús, Parnamirim).

Zilda no lançamento do livro da conselheira Sônia Faustino “Travessia Poética” (Foto: Instagram de Ivan Lira de Carvalho)
Zilda Lopes ao lado do juiz federal Ivan Lira de Carvalho e da conselheira estadual de cultura Sônia Faustino (Foto: Instagram de Ivan Lira de Carvalho)

Natural de Pau dos Ferros, Zilda foi a primeira mulher a ocupar a Secretaria de Educação do RN. Foi titular dessa pasta na gestão de Monsenhor Walfredo Gurgel (1965-1971), dirigindo também o Arquivo Público do RN. Mesmo aposentada, ainda trabalhava como colaboradora no Conselho Estadual de Cultura do Rio Grande do Norte, sem qualquer ganho pecuniário ou de outra ordem.

Em 2018, recebeu a Medalha do Mérito Alberto Maranhão, a mais alta condecoração do RN, criada em 1959 no Governo Dinarte Mariz (1956-1961).

Seu sobrinho-filho, professor, médico e escritor Francisco Edilson Leite Pinto Júnior, escreveu em suas redes sociais uma crônica que resume bem o perfil altruísta e humanista da professora Zilda. Veja:

To Top