Na Hora H

SEBRAE VAI TRANSFORMAR PRÉDIO DA CECAFES EM UM “LUGAR DE CHARME”

A agricultura familiar tem encantos e pode se transformar em excelente atrativo turístico. O Sebrae no Rio Grande do Norte vai transformar a área da Central de Comercialização da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Cecafes), que fica em Natal, no Mercado da Agricultura Familiar a partir do conceito “Lugares de Charme” – projeto que valoriza a identidade local com intervenção do ambiente para potencializar o turismo.

A instituição assinou um termo de cooperação técnica com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf) para remodelar o empreendimento a partir de ícones da alimentação potiguar, como o jerimum, o caju, a castanha e o melão. A ideia é que o mercado se torne um ponto de visitação turística. 

A parceria faz parte do Programa Sebrae de Excelência Rural e vai sugerir não somente intervenções nas instalações físicas, que serão custeadas com recursos do projeto Governo Cidadão, mas também oferecer capacitações ao longo de 24 meses para os atuais gestores, permissionários e vendedores nas áreas de gestão, finanças, vendas, atendimento, ferramentas digitais e mercado, inclusive com a rastreabilidade dos produtos da agricultura familiar. Serão ofertadas consultorias para estruturação comercial, inteligência mercadológica e maturidade de mercado.

Para os pequenos produtores, serão realizadas capacitações Natal, Mossoró, Apodi, Caicó, São Paulo do Potengi e Pau dos Ferros, abrangendo mais de 750 agricultores que, via cooperativas ou associações, já fornecem gêneros – como frutas, legumes e verduras, ovos, castanhas, mel, doces, geleias e galinha caipira – para a Cecafes.

Charme local

O projeto para a central será mais do que uma reforma física. O modelo do negócio seguirá planejamento de ressignificação elaborado pela consultora e designer social, Cris Ribeiro, idealizadora do projeto “Lugares de Charme”, ação que ressignifica espaços físicos de artesãos e artistas.

Investimentos

Pelo acordo, o Sebrae fica encarregado da elaboração do projeto de remodelagem, incluindo a inserção de  novos espaços e atrativos no mercado, e capacitação. Já a Sedraf e Emater apoiarão a manutenção da central, custeio e investimento e apoio na cogestão do espaço. De acordo com informações do governo, já foram investidos R$ 772 mil na Cecafes e a meta é investir mais R$ 535 mil.

A Cecafes é gerida pela Cooperativa Central da Agricultura Familiar do RN (Cooafarn)/ União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes).

Fotos: Agência Sebrae

To Top