Na Hora H

FIERN E SENAI PARTICIPAM DE APRESENTAÇÃO DO PROJETO SOLDADO CIDADÃO

O diretor da FIERN Francisco Assis de Medeiros – representando o Presidente Amaro Sales, juntamente com o diretor regional do SENAI-RN, Emerson da Cunha Batista, participaram na manhã desta terça-feira (26), da apresentação da execução do Projeto Soldado Cidadão (PSC), durante visita da comitiva do Ministério da Defesa (MD) à Natal, nas instalações do 17º Grupo de Artilharia de Campanha – 17º GAC, em Santos Reis. O Projeto, desenvolvido pelo Ministério da Defesa no âmbito das três forças (Exército, Marinha e Aeronáutica) em parceria com o SENAI-RN, busca levar qualificação profissional a jovens que se encontram prestando o serviço militar obrigatório para ampliar oportunidades de inserção no mercado de trabalho e melhoria da qualidade de vida após esse período.

Para o diretor da FIERN, a parceria garante profissionais com maior capacitação para atuar nos diversos segmentos da indústria local. “O mercado de trabalho pode contar com indivíduos mais preparados. E os jovens ganham a oportunidade de mais conhecimento e de ter uma profissão”, disse.

Emerson Batista destaca que, ao longo dos 10 últimos anos, o SENAI-RN tem se aproximado cada vez mais do Projeto Soldado Cidadão e das três forças armadas. “Estamos cada vez mais próximos a fim de propiciar aquilo que é o objetivo do projeto: destinar mão de obra qualificada para o mercado de trabalho local, seja com profissionais abrindo seus negócios, seja com o encaminhamento para a indústria local e nacional. A parceria possibilita às industrias ter profissionais com qualificação e perfil pessoal diferenciado, com mais pontualidade e disciplina”, disse.

O general de Brigada Roberth Alexandre Eickhoff, subchefe de Mobilização do Ministério da Defesa, destacou os bons resultados da parceria do projeto junto às entidades do Sistema S, como o SENAI-RN, e as intenções em ampliar para novas qualificações.

“Todos os que participam do programa, o Sistema S principalmente, as demais instituições, e as unidades das Forças Armadas, Marinha, Exército e Aeronáutica estão satisfeitos com os resultados”, disse. “A qualificação fornecida por essas instituições somada com a formação e os valores que nossos recrutas e soldados adquirem nos quartéis, juntos, formam um excelente cidadão para se fazer a força de trabalho de inúmeras empresas. São cidadãos qualificados e com valores morais e de família aprimorados. Estamos trabalhando juntos e buscando parcerias para mais qualificações”, acrescentou.

Em todo o país, mais de 255 mil jovens já foram capacitados por meio do PSC, com taxa de empregabilidade superior a 70%. Os números, bem como o desempenho do projeto Soldado Cidadão foram apresentados pelo coordenador nacional, o coronel Gustavo Adolfo Lourenço Gomes. E destacou a importância da parceria com o Sistema FIERN, por meio do SENAI, como forma de efetivar o projeto com a destinação dos alunos para a indústria.

“É mais que um projeto social, é uma política pública de inclusão uma vez que esse jovem ingressa no serviço militar e, em oito anos, tem a possibilidade de se desenvolver, receber uma qualificação e a oportunidade der melhorar de vida, podendo se inserir no mercado de trabalho”, destacou.

“No final do projeto social estão os contratantes, a indústria, o comércio, o setor de transporte. O lucro esperado é o aperfeiçoamento cívico e profissional dos jovens para que haja um maior número de empregados após a baixa no serviço militar”, completou.

To Top