Na Hora H

PREFEITURA DE NATAL RECEBE DO BANCO DO BRASIL O CARTÃO DE PAGAMENTOS DA DEFESA CIVIL

O Prefeito de Natal, Álvaro Dias, recebeu representantes do Banco do Brasil no Rio Grande do Norte, nessa terça-feira (30), na sede da Prefeitura. O encontro serviu para que a gestão da cidade recebesse o Cartão de Pagamentos da Defesa Civil, com o qual o município poderá movimentar os recursos destinados pelo Ministério do Desenvolvimento Regional do governo federal, para a emergência resultante do período de chuvas na capital potiguar.

“Esse é um instrumento importante pela agilidade na movimentação dos recursos necessários, mas sobretudo pela possibilidade de fiscalização, pelos órgãos de controle, de tudo que aplicamos para amenizar o sofrimento dos que sofreram com aquelas chuvas que castigaram Natal”, comentou o prefeito Álvaro Dias, acompanhado da secretária Municipal de Trabalho e Assistência Social, Ana Valda Galvão.

De acordo com Fabrício Aires Rocha, gerente de relacionamento do escritório Setor Público do RN, do Banco do Brasil, esse é mais um elemento que solidifica o bom relacionamento da instituição bancária com a gestão municipal. “Somos os principais banqueiros da Prefeitura. Temos a folha de pagamento, fornecedores, entre outros. Agora estamos podendo agir juntos na missão de fazer chegar os recursos para aqueles que mais precisam e sofreram com a situação de emergência das chuvas”, explicou. “Nós sabemos que o gestor tem a prerrogativa de executar essa tarefa junto aos cidadãos, mas temos a felicidade de hoje podermos ser a fonte da origem desses recursos tão importantes”, complementou Luciano Moraes, gerente do escritório setor público do BB no RN.

Os representantes do banco enfatizaram a importância da transparência do processo de gestão do recurso através desse Cartão de Pagamentos da Defesa Civil. De acordo com eles, assim como em uma conta corrente convencional, tudo que é utilizado fica registrado, assim como os fornecedores que receberem pelos trabalhos executados. “Os órgãos de controle podem acessar tudo e isso garante a lisura e transparência da aplicação dos recursos enviados”, assegura Fabrício Rocha. O cartão é destinado a ações de socorro, assistência e restabelecimento, a ser utilizado exclusivamente em situações de emergência ou estado de calamidade pública, como meio de pagamento de despesas.

To Top