Na Hora H

BANCOS DOARAM R$ 347,2 MILHÕES PARA PRODUÇÃO DE VACINAS NO BRASIL

Um balanço feito pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos) mostra que os bancos doaram R$ 347,2 milhões para a produção de vacinas contra a covid-19 no Brasil. A Fiocruz (Fundaçao Oswaldo Cruz), responsável pela produção da vacina da Oxford/AstraZeneca, foi a entidade que mais recebeu recursos. A maior parte do dinheiro foi doada pelo programa Todos pela Saúde, do Itaú, que destinou R$ 265,3 milhoes à Fiocruz.

O Instituto Butantan, que desenvolve a CoronaVac, recebeu R$ 50 milhões do Itaú, R$ 10 milhões do Bradesco, R$ 5 milhões do Safra, R$ 5 milhões do BTG, R$ 916.000 do BNP Paribas e R$ 196.000 do Cetelem. Os recursos serão destinados à construção de novas unidades de produção de vacinas.

Além das doações, as instituições financeiras participarão , por meio de seus canais com os clientes e o público em geral, dos esforços de comunicação sobre a campanha de imunização, em colaboração com o Ministério da Saúde. Uma das medidas é a divulgação de orientações gerais sobre distanciamento social e medidas sanitárias que devem continuar sendo adotadas pela população.

Os bancos também promovem ações para auxílio da população de Manaus. O Itaú já investiu na aquisição de 5 usinas locais de reabastecimento de cilindros de oxigênio, itens de primeira necessidade e insumos para melhorar a capacidade dos respiradores para 500 leitos. O BTG também doou 100 cilindros de oxigênio para hospitais de Manaus, além de outros insumos, como máscaras, luvas e aventais adquiridos com ajuda de parceiros.

Fonte: Poder 360

To Top